domingo, 23 de março de 2008

ACABADO O JEJUM... UM NOVOLIVRO FOI PARIDO!!!

Esta é uma poesia do meu novo livro que pretendo lançar após uma revisão final. Penso que até o final de abril ele estará literalmente concluido:

Compreendidade

© DE João Batista do Lago

Disse-o a todos um dia na eterna juventude

Quanto e tanto amo-te pela vida afora

Entretanto, tu, jamais a saberias

Fostes só silêncio! Não sei o que dizer agora

Amo-te, assim… Assim, eternamente

Amo-te por toda vida só em mim

Jamais pude ter-te junto ao peito solenemente

Falar-te do fogo que me queima a alma em paixão

Ebulição tamanha rasgando as veias das minhas emoções

Dilacerados os meus pensares estão

Agora, passado tanto e quanto tempo

Vejo: resta-me de tanto amor apenas solidão

Mas se pudesse dizer-te agora o quanto a amo

Faria deste meu ocaso uma eterna declaração

Diria: sou mais leve agora nesta juventude de ancião

Sou-o mais sábio silenciosamente em mim

Compreendo, pois, o teu eterno silêncio

Mar revolto que me banha o ser sem tormento

Sou-o eterno na eternidade do silêncio do tempo

Compreendido desde a primeira paixão ao último amor

Sou-o, sim, a compreensão do silêncio por toda vida só em mim

__________
Curitiba/2008

2 comentários:

Menina_marota disse...

"...Faria deste meu ocaso uma eterna declaração"

E o meu coração comove-se...

Beijinho e aguardo a publicação do livro! Parabéns.

Um beijinho terno ;)

Heloisa B.P disse...

"Agora, passado tanto e quanto tempo

Vejo: resta-me de tanto amor apenas solidão


Mas se pudesse dizer-te agora o quanto a amo

Faria deste meu ocaso uma eterna declaração

Diria: sou mais leve agora nesta juventude de ancião


Sou-o mais sábio silenciosamente em mim

Compreendo, pois, o teu eterno silêncio

Mar revolto que me banha o ser sem tormento


Sou-o eterno na eternidade do silêncio do tempo

Compreendido desde a primeira paixão ao último amor

Sou-o, sim, a compreensão do silêncio por toda vida só em mim"
*********************SOU EU QUE CONTINUO "JEJUANDO"...
como tal faminta estou de palavras apropriadas para minha "FOME" SACIAR e, poder com alguma minima sabedoria ESTE POEMA COMENTAR!
............
FELICIDADES, SAUDE CRESCENTE E SUCESSO PARA O NOVO LIVRO!

ABRACOS.

Sua Amiga,
Heloisa
...........